Menu:

Nossos CDs

Os CDs e albuns digitais da Jupará Records são produzidos no MM Studio e no Studio Brown, ambos de Itabuna. Todas as músicas são de autores daqui, arranjos, produção e intérpretes do sul da Bahia, de cidades como Itabuna, Ilhéus e Buerarema. As músicas são sempre divulgadas na Morena FM 98 e enviadas para outras emissoras no Brasil e exterior.

Parceiros:

Version:

andreas01 v2.5

Nosso foco é o sul da Bahia

A Jupará Records é uma gravadora e editora musical dedicada aos artistas do sul da Bahia, mais precisamente aos artistas grapiúnas.

Já que você perguntou, grapiúna é quem nasce ou vive na zona cacaueira da Bahia, uma região de aproximadamente 3 milhões de habitantes, cujo centro comercial é Itabuna, e o turístico é Ilhéus, cidades distantes apenas 26 kms.

A Jupará Records surgiu de um projeto de valorização do artista sulbaiano criado pela rádio Morena FM em 1993. Um projeto que revelou grandes nomes para a música brasileira, como a banda Cacau Com Leite, lançada nacionalmente pela Polygram em 97.

ari pb e koko O Cacau Com Leite foi o primeiro artista regional a tocar na Morena, em janeiro de 94, quando a rádio passou a usar um DigiCart II, equipamento de última geração, para divulgar talentos que tinham músicas gravadas em DAT mas não CD.

Em pouco tempo dezenas de artistas grapiúnas tocavam na emissora e ganhavam um público de grande porte. O sucesso junto ao público gerou a necessidade de expandir o alcance do projeto através de um CD, lançado em julho de 95.

Foi o primeiro disco somente com artistas do interior baiano, um marco na história da música grapiúna e um enorme sucesso. Também foi o primeiro CD coletânia independente do país.

O CD "Jupará" foi divulgado em São Paulo e várias outras cidades brasileiras, chegou a muitos lugares da Europa, como Lisboa e Barcelona, e teve várias de suas músicas incluídas no World Chart Show, um programa mundial de rádio

Hoje a Jupará Records acumula 4 CDs da linha "Jupará", mais "98 Graus", "Xamêgo da Morena" e vários individuais, como o de Fernando Caldas, um artista que graças ao CD Jupará 1 entrou em uma coletânia mundial que circula em 2.800 rádios de todo o planeta, a HitDisc L da TM Century de Dallas, EUA.